domingo, 16 de agosto de 2009

O Cavalinho Branco
À tarde, o cavalinho branco
está muito cansado:
mas há um pedacinho do campo
onde sempre é feriado..
O cavalo sacode a crinal
oura e comprida
e nas verdes ervas atira
sua branca vida.
Seu relincho estremece as raíze
se ele ensina aos ventos
a alegria de sentir livres
seus movimentos.
Trabalhou todo o dia, tanto!
Desde a madrugada!
Descansa entre as flores, cavalinho branco,
de crina dourada.



2 comentários:

  1. olá tem um presentinho para vc no meu cantinho
    bjos e um lindo fim de semana

    ResponderExcluir
  2. Quem é vivo sempre aparece, não é mesmo? Andei meio sumidinha, mas estou aqui fazendo uma visita. Parabéns pelas atividades. Quando puder, visite meus outros blogs. Deus te abençoe. Bjs docinhos da Tia Rose

    http://ensinandoeaprendendocomatiarose1.blogspot.com
    http://ensinandoospequeninos.blogspot.com/
    http://ideiaseartesdarose.blogspot.com/

    ResponderExcluir